Tutor Inteligente no ensino fundamental das escolas públicas do município X

  • Susi Machado Oliveira
  • Eliane Pozzebom
  • Edilene Cristiano de Figueredo Valeriano
  • Julio Augusto da Rosa Carraro
Palavras-chave: STI, Ensino-Aprendizagem, Agilidade nos processos avaliativos, Sustentabilidade

Resumo

Neste artigo é descrita a utilização de um Sistema Tutor Inteligente (STI) como ferramenta de
ensino-aprendizagem de crianças de 9 a 12 anos na escola municipal de X, em Santa Catarina. Buscou-se
utilizar o STI X para contribuir com o trabalho docente, pois os aprendizes estão cada vez mais dinâmicos
e aulas tradicionais com procedimentos estáticos tornaram-se insuficientes. O STI disponibiliza aos
professores recursos que auxiliam no processo educacional, promovendo a aplicação dos mais variados
conteúdos, como elaborar aulas, simulados e avaliações, possibilitando visualizar o desempenho de cada
aluno em tempo real por meio de relatórios. Na aplicação do projeto, os aprendizes foram cadastrados no
STI, onde realizaram leituras e assistiram vídeos sobre o conteúdo proposto, realizando uma breve
avaliação referente ao tema para que ficassem familiarizados com a ferramenta. Posteriormente, foi
aplicado por meio do STI a avaliação diagnóstica municipal, com objetivo de testar o conhecimento geral
dos estudantes, sendo possível à Secretaria Municipal de Educação obter uma compreensão maior dos
benefícios que o STI representa para o processo ensino-aprendizagem. Quanto ao feedback obtido junto
aos professores, estes consideraram a atividade motivadora e inovadora, permitindo o uso consciente de
papéis em sala de aula gerando sustentabilidade ao município.

Publicado
2019-08-16