Inovação Educativa e Usabilidade em Ambientes Virtuais de Aprendizagem

  • José Pedro Schardosim Simão
  • Karmel Nardi Da Silva
  • Josiel Pereira
  • Giana Da Silva Bernardino
  • Josi Zanette Do Canto
  • Andréa Cristina Trierweiller
  • Paulo Cesar Leite Esteves

Resumo




Este artigo descreve uma avaliação de usabilidade com o objetivo de verificar a satisfação de usuários de ambientes virtuais de aprendizagem, e levantar possíveis melhorias nos mesmos, sendo uma forma de gerar inovação a partir dos aspectos apontados pelos usuários. Para realizar esta avaliação foram aplicados questionários com usuários de ambientes virtuais de aprendizagem da Universidade Federal de Santa Catarina e da Universidade do Norte do Paraná, o instrumento foi baseado no questionário de usabilidade SUS. Sobre os resultados desta pesquisa, foram obtidas respostas que podem colaborar para melhorias nos ambientes virtuais de aprendizagem.


Referências

ALMEIDA, M. E. B. Educação a distância na internet: abordagens e contribuições dos ambientes digitais de aprendizagem. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 29, n. 2, p. 327- 340, 2003.
ANJOS, Alexandre M. dos. Tecnologias da informação e da comunicação, aprendizado eletrônico e ambientes virtuais de aprendizagem. In: MACIEL, Cristiano (Org.). Educação a Distância – Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Cuiabá: EdUFMT, 2013.
BARBETTA, Pedro Alberto. Estatística Aplicada às Ciências Sociais. 5. ed. Florianópolis: Editora da UFSC, 2004.
BROOKE, J. "SUS: a "quick and dirty" usability scale". In P. W. Jordan, B. Thomas, B. A. Weerdmeester, & A. L. McClelland. Usability Evaluation in Industry. London: Taylor and Francis, 1996.
CAMPOLINA, L. D. O. Inovação educativa e subjetividade: a configuração da dimensão histórico-subjetiva implicada em um projeto inovador, 2012.
CAZELLA, S. C.; BHEAR, P.; SCHNEIDER, D. Desenvolvendo um Sistema de Recomendação de Objetos de Aprendizagem baseado em Competências para a Educação: relato de experiências. In: Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE), Rio de Janeiro, 2012.
GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. Atlas, 2002. 175 ISBN 85-
224-3169-8.
MARQUES, A. F.; ZANATA, E. M. A Escola, os Professores e a Inovação Educacional. In: Perspectivas em Diálogo: Revista de Educação e Sociedade, Naviraí, v.1, n.2, p. jul-dez, 2014.
MOSCAROLA, et. al. O método de pesquisa survey. Revista de Administração. v.35 n.3 p.105-112. São Paulo, jul. 2000.
OLIVEIRA Neto, J. D. de; RICCIO, E. L. Desenvolvimento de um instrumento para mensurar a satisfação do usuário de sistemas de informações através do método survey. USP: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade. Disponível em: . Acesso em 11 fev. 2010.
PEREIRA, A. T. C.; SCHMITT, V.; DIAS, M. Ambientes virtuais de aprendizagem. AVA-Ambientes Virtuais de Aprendizagem em Diferentes Contextos. Rio de Janeiro: Editora Ciência Moderna Ltda., 2007.
PRATA-LINHARES, Martha Maria. A inovação e o uso das TIC na educação. In: GALÁN, José Gomes; SANTOS, Gilberto Lacerda (org.). Informática e telemática na educação. Brasília: Liber Livros, 2012.
SAURO, J. Measuring Usability With The System Usability Scale (SUS). Disponível em . Acesso em 17 maio 2016;
SEBASTIÃO, A. P. F.; ANDRADE, R. F. A Utilização do Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle em uma Instituição de Ensino Superior Pública. In: X Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância, Belém, 2013.
TEIXEIRA, C. M. F. Inovar é preciso: concepções de inovação em educação dos programas Proinfo, Enlaces e Educar. 2010. 90 p. Dissertação (Mestrado em Educação) -Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2010.
TRIERWEILLER, A. C. Efetividade e estrutura das organizações de Tecnologia da Informação e Comunicação: um enfoque contingencial. 2010. 198f. (Doutorado em Engenharia de Produção). Programa de Pós-Graduação em Engenharia da Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2010.
VALENTE, José Armando. Educação a distância: pontos e contrapontos. São Paulo: Sammus, 2011.
Publicado
2017-08-21
Como Citar
SIMÃO, José Pedro Schardosim et al. Inovação Educativa e Usabilidade em Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Anais do Simpósio Ibero-Americano de Tecnologias Educacionais, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 45-52, aug. 2017. Disponível em: <https://publicacoes.rexlab.ufsc.br/index.php/sited/article/view/71>. Acesso em: 23 sep. 2017.