Reflexões sobre o ensino de espanhol através de ambientes virtuais de aprendizagem

  • Chris Royes Schardosim
  • Lucyene Lopes da Silva Todesco Nunes
  • Tiago Pedruzzi

Resumo




Este trabalho descreve a experiência de um curso de espanhol na modalidade a distância em uma instituição pública utilizando a plataforma Moodle como Ambiente Virtual de Aprendizagem.


Referências

Almeida, Maria Elizabeth Bianconcini de. (2003) Educação a distância na internet: abordagens e contribuições dos ambientes digitais de aprendizagem.“Educ. Pesqui.”, São Paulo, v. 29, n. 2, p. 327-340, Dec.
Brasil. Lei no. 9.394, de 20 dez. 1996. (1996) “Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional”. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez.
Confederação Nacional da Indústria. CNI. “Pessoas com maior escolaridade se interessam mais por educação e distância.’ Disponível em: http://www. portaldaindustria.com.br/agenciacni/noticias/2014/06/pessoas-com-maior- escolaridade-se-interessam-mais-por-educacao-a-distancia/ Acesso em: 21 mar. 2017.
Fernández, Francisco Moreno. El español en Brasil. In: SEDYCIAS, João (Org.) (2005) “O ensino do espanhol no Brasil.” São Paulo: Parábola Editorial.
Filatro, Andrea. (2008) “Design instrucional na prática.” São Paulo: Pearson Education do Brasil.
Gil, Antonio Carlos. (2002) “Como elaborar projetos de pesquisa.” 4. ed. São Paulo: Atlas.
Gonçalves, António Fernandes; Miranda, Guilhermina Lobato; Barrela, Nuno. (2016) B- learning, Recursos Educativos Digitais e Ensino Profissional: Uma estratégia de apoio ao desenvolvimento da Prova de Aptidão Profissional. “RISTI”, Porto, n. 20, p. 131-146, dez. Disponível em . acesso em 21 mar. 2017.
Kurtz, Renata; Teresia Diana Lewe Van Aduard deMacedo-Soares; Jorge Brantes Ferreira; Angilberto Sabino de Freitas; Jorge Ferreira da Silva. (2015) Fatores de impacto na Atitude e na Intenção de uso do M-learning: um teste empírico. “REAd. Rev. eletrôn. adm.”, Porto Alegre, v. 21, n. 1, p. 27-56, Apr. . Available from . Access on 23 Mar. 2017.
Nunes, Ivônio Barros. (2009) “A história da EaD no mundo. EaD: o estado da arte.” Litto. São Paulo: Pearson Education.
Passos, Márcia Cristina de Aquino. (2016) U-learning: integração de técnicas de ensino- aprendizagem para o alcance da aprendizagem significativa.In: “SIED:EnPED- Simpósio Internacional de Educação a Distância e Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância”, 2016, São Carlos. SIED:EnPED. p. 484 – 502.
Portal Educação. “Educação a Distância (EAD), E-Learning ou Ensino Online?” Disponível em: https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/pedagogia/ educacao-a-distancia-ead-e-learning-ou-ensino-online/10397 Acesso em: 21 mar. 2017.
Schardosim, Chris Royes e Nunes, Lucyene Lopes da Silva Todesco. (2016) Relatos de uma experiência multicampi sobre ensino de espanhol a distância utilizando tecnologias de informação e comunicação. In: “Criar Educação: Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação.” UNESC, v. 1, p. 1-6.
______. “NUBE: histórico, desafios e possibilidades.” Blumenau: Instituto Federal Catarinense, 2016.
Silva, Bento e Falavigna, Gladis (2016). Aprendizagem ubíqua na modalidade blearning: estudo de caso do mestrado de Tecnologia Educativa da UMinho. In: Falavigna, G. & Silva, B., “Temas educacionais: tecnologias, sustentabilidade, docência e recursos.” Porto Alegre: EDIPUCRS, p. 11-37.
Soares, Ismar de Oliveira. (2011) “Educomunicação: o conceito, o profissional, a aplicação – contribuições para a reforma do ensino médio.” São Paulo: Paulinas.
Torres, Kelly Aparecida; Borba, Erika Loureiro; Sousa, Ana Rosa de; Martins, Pablo Luiz. (2014) Implantação da metodologia híbrida (blended learning) de educação numa instituição de ensino privada. In: “11o Congresso Brasileiro de Educação a Distância”, Florianópolis.
Valente, José Armando. (2014) Blended learning e as mudanças no ensino superior: a proposta da sala de aula invertida. “Educ. rev.”, Curitiba, n. spe, p. 79-97. Available from . Access on 23 Mar. 2017.
Publicado
2017-08-21
Como Citar
SCHARDOSIM, Chris Royes; NUNES, Lucyene Lopes da Silva Todesco; PEDRUZZI, Tiago. Reflexões sobre o ensino de espanhol através de ambientes virtuais de aprendizagem. Anais do Simpósio Ibero-Americano de Tecnologias Educacionais, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 208-215, aug. 2017. Disponível em: <https://publicacoes.rexlab.ufsc.br/index.php/sited/article/view/89>. Acesso em: 23 sep. 2017.