O Uso de Experimentos Remotos como Ferramentas Pedagógicas para Educação Ambiental no Ensino Médio

  • Ruana Tomaz
  • Josi Zanette do Canto
  • Karen Schmidt Lotthammer
  • Juarez Bento da Silva

Resumo




Este documento busca descrever uma prática pedagógica inovadora desenvolvida na disciplina de Biologia, direcionada a abordagem de conceitos acerca da educação ambiental e com foco nas energias renováveis. Como estratégia, desta prática, foi construída uma sequência didática que foi aplicada aos alunos de duas turmas de Ensino Médio, na Escola Apolônio Ireno Cardoso no município de Balneário Arroio do Silva- Santa Catarina. Com o objetivo de aferir caráter inovador à prática efetuada, foi construída sequência didática inspirada em modelo de Ensino de Ciências Baseado em Investigação. Para enriquecimento da sequência didática, principalmente na etapa de investigação fez-se a integração e uso de laboratório remoto como ferramenta pedagógica. A prática foi efetuada durante os meses de fevereiro e março de 2017, com 69 alunos de 1o e 3o anos do Ensino Médio. E os resultados obtidos a partir dos questionários aplicados aos estudantes mostraram que estes se sentiram mais motivados para os estudos sobre educação ambiental, e ainda que a utilização do experimento remoto auxiliou na compreensão dos conteúdos por meio da estratégia aplicada em sala.


Referências

ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de; VALENTE, José Armando (2011). “Tecnologias e currículo: trajetórias convergentes ou divergentes”.
BATISTA, Alexsandro Duarte et al (2013). Elaboração e avaliação de uma sequência didática de ensino para o conteúdo de eletroquímica. In: Encontro de Iniciação a Docência, páginas 1-12. Editora Realize. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2017.
BRASIL, MDE; SEB, DICEI ( 2013). Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Brasília: MEC.
Censo escolar INEP. Disponível em: :< http://censobasico.inep.gov.br/censobasico >. Acesso em: 14 mar.2017.
DA SILVA, Juarez B. et al (2013) . Uso de dispositivos móveis para acesso a Experimentos Remotos na Educação Básica. VAEP-RITA. páginas 129-134.
FARIAS, Talden Queiroz (2006) . O conceito jurídico de meio ambiente. In: Âmbito Jurídico, Rio Grande. Disponível em: . Acesso em 20 de março de 2017.
FERREIRA, R. M.S.A. (2007). Aproveitamento da energia das marés: estudo de caso Estuário do Bacanga, MA. Dissertação (Mestrado em Engenharia naval e oceânica). Universidade Federal do Rio de Janeiro.
GUIMARÃES, Mauro (2005) . A dimensão ambiental na educação. 6. ed Campinas, SP: Papirus.
NUNES, Ellen Regina Mayhé(2005). Alfabetização ecológica: um caminho para a sustentabilidade. Porto Alegre.
PRENSKY, M.(2001). Digital natives, digital immigrants. On the Horizon.
ROCHA, Tiago do Amaral; QUEIROZ, Mariana Oliveira Barreiros de (2011) . O meio ambiente como um direito fundamental da pessoa humana. In: Âmbito Jurídico, Rio Grande.
Disponível em: . Acesso em: 18 mar.2016.
SESMIL, Edson Luiz Fernandes (2013) . Energia maremotriz: impactos ambientais e viabilidade econômica no Brasil. Universidade Federal de Lavras: Lavras. Monografia de pós- graduação. Disponível em: Acesso em: 20 mar. 2017.
SILVA, J.B. (2006). A utilização da experimentação remota como suporte para ambientes colaborativos de aprendizagem. Tese (Doutorado em Engenharia de Gestão do Conhecimento). Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.
SILVA, Juarez Bento da et al.(2016) . Manual Técnico: Conversão de Energia Luminosa em Elétrica. Araranguá: Rexlab. Disponível em: . Acesso em: 16 mar. 2016.
SIMÃO, José Pedro Schardosim; COUTINHO, Liz Cristine Moreira; SILVA, Juarez Bento da (2016) . Desenvolvimento e implantação de um modelo de acesso exclusivo para experimentação remota. In: Seminário de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, Araranguá. Disponível em . Acesso em: 14 mar. 2017
Publicado
2017-08-21
Como Citar
TOMAZ, Ruana et al. O Uso de Experimentos Remotos como Ferramentas Pedagógicas para Educação Ambiental no Ensino Médio. Anais do Simpósio Ibero-Americano de Tecnologias Educacionais, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 216-225, aug. 2017. Disponível em: <https://publicacoes.rexlab.ufsc.br/index.php/sited/article/view/90>. Acesso em: 23 sep. 2017.